Leia nossos

conteúdos

  • Gestão e Negócios
  • 7,2 min

Como o branding pode direcionar o seu negócio?

No cenário empresarial contemporâneo, as organizações enfrentam desafios cada vez mais complexos. Embora os CEOs e as lideranças executivas não detenham todas as respostas, são encarregados dos processos de transformação e evolução organizacional, exigindo habilidades para abraçar a incerteza, gerar conflitos construtivos e conceber ideias inovadoras que proporcionem direcionamento aos negócios.

Mas afinal, o branding pode contribuir nesse desafio?

O branding emerge como uma ferramenta indispensável para orientar os negócios. O processo inicia-se na liderança, onde a busca pela consistência estratégica é fundamental para proporcionar uma visão clara do destino da empresa.

Ele não apenas fornece resultados tangíveis a curto, médio e longo prazo, mas também atua como um instrumento estratégico que orienta a empresa. Ele desempenha um papel crucial desde a cultura corporativa, consolidando o propósito, a essência e as crenças que moldam a identidade da organização; promove alinhamento e estabelece as bases para um crescimento consistente até a definição das ações necessárias para a implementação da estratégia da marca em todos as frentes do negócio, o que impulsiona os movimentos essenciais para as mudanças estratégicas.

Portanto, o branding se configura como uma ferramenta estratégica para gerar valor para as marcas e transformá-las em um dos principais ativos dos negócios.
Ao contrário do passado, onde as empresas entendiam esforços de marca como comunicar os benefícios funcionais e diferenciais dos produtos, o cenário contemporâneo demanda uma abordagem mais aberta e transparente. As marcas, agora, são desafiadas a impactar positivamente a vida das pessoas em um mundo com uma multiplicidade de pontos de contato e crescente exigência por posturas transparentes.

Em momentos desafiadores, a força da marca emerge como um ativo crucial para reverter adversidades. Empresas que subestimam a importância de sua marca em períodos turbulentos enfrentam desvantagens significativas.

Na Exit, ao longo de duas décadas, desenvolvemos e aprimoramos o conceito de branding por meio de nossa metodologia proprietária, o GPS. Contribuímos intensamente com empresas que buscam manter-se relevantes, aprimorar a reputação da marca, expandir para novos mercados, ampliar segmentos, conectar-se com novos públicos, reestruturar portfólios ou enfrentar desgastes na imagem da marca ao longo do tempo. Acreditamos que o branding é uma ferramenta essencial para alinhar negócios, marca e comunicação – uma experiência única e valiosa, uma personalidade de marca diferenciada e uma narrativa que sintetiza tudo isso para os diversos públicos por meio da comunicação.

E o que temos construído ao longo dos anos?

A memória do consumidor com relação ao produto vai de quanto a marca o cativou. Uma coisa que nós falamos muito no branding é sobre olhar para o passado para poder desenhar o futuro. Ou seja, quanto mais você entende da sua essência, mais longe vai. E tem marcas com um passado muito afetivo, como é o caso do Melagrião, do Catarinense Pharma – nosso cliente há 18 anos. Em um cenário desfavorável como a pandemia, por exemplo, o Catarinense Pharma percebeu as tendências do mercado e do comportamento do consumidor e usou toda a força da sua marca a seu favor; juntos, decidimos realizar uma série de ações de impulsionamento de marca, em todos os canais. A decisão envolveu campanhas de marketing com embaixadores, ativação na TV, no rádio, nas ruas – por meio da comunicação OOH – nos pontos de venda e no meio digital. Além disso, foi realizada uma ação inédita chamada Melagrião Day, que uniu os esforços das equipes de fábrica e de vendas. Os resultados foram surpreendentes, mantendo o Melagrião com o título de xarope fitoterápico nº1 do Brasil. Vale destacar que esse case foi vencedor na categoria Indústria do Top de Marketing e Vendas ADVB/SC 2023. Também foi conquistado o prêmio Top One nesta edição, com a maior nota entre todos os cases premiados.
Assista ao case premiado neste link.

Já a tecnologia impactou todo e qualquer mercado, trazendo um novo olhar sobre como o consumidor está se relacionando com a marca. Não por acaso, moldamos o amanhã para construir o futuro que queremos. Foi aí que lançamos o novo posicionamento de marca: Embraco – Think Ahead. Durante seis meses, fizemos um trabalho imersivo, em colaboração com a equipe de marketing da Embraco, para pesquisar com profundidade o mercado, clientes e o segmento, que é extremamente competitivo. Há mais de 50 anos no mercado global de tecnologia de refrigeração comercial e residencial, a estratégia vem para reforçar o olhar atento da companhia em relação às reais necessidades do futuro – reforça o propósito e apresenta os diferenciais, mostrando como a companhia consegue equilibrar alta performance, competitividade e sustentabilidade para oferecer as melhores soluções para o amanhã. Confira mais sobre o projeto clicando aqui.

Olhar para o dia a dia é, de fato, construir uma marca viva. É assim que atuamos com o Shopping Mueller há 20 anos. A ativação do branding da marca ocorre em diferentes ações ao longo do ano, mas quero destacar uma realizada durante o Festival de Dança de Joinville, considerado o maior do mundo. Recebemos o reconhecimento do Prêmio ADVB com o Mueller Vibes – uma experiência de marca completa realizada durante o Festival. Confira o case premiado que mostra as ações nos corredores do shopping e nas redes sociais, envolve o público, também converte o fluxo de pessoas em um aumento considerável de vendas.

Então como fazer a diferença?

Vivemos em um estado que domina a arte da produção como ninguém. A materialização do produto é o cerne da proposta de valor, e seu papel é crucial. No entanto, o mercado está saturado com a diversidade de ofertas e a multiplicidade de pontos de contato. Diante desse panorama desafiador, a ausência de uma estratégia clara pode resultar em escolhas equivocadas, levando a uma perda de direção.

O nosso desafio é, sem dúvida, agregar ainda mais valor às marcas, transformando negócios em marcas vivas, especialmente às catarinenses. Estamos falando de um estado vibrante e próspero, com uma produção de excelência. Temos a oportunidade de elevar essas empresas a um novo patamar, conferindo-lhes um protagonismo ainda maior no mercado como marcas distintas e poderosas. Afinal, vivemos para transformar negócios, marcas e vidas!

Por Samanta Tassotti – Diretora Executiva da Exit