Leia nossos

conteúdos

  • ExpoGestão
  • 3,28 min

João Branco aponta propósito, empatia, dados e foco como pilares do novo mundo do marketing

O que é sucesso para você?
O que você busca em seu trabalho? Fama? Dinheiro?
O que você gostaria de ouvir sobre sua trajetória no dia em que se aposentar?
Estas foram algumas das provocações feitas pelo professor, palestrante e autor João Branco no Seminário Executivo de Marketing da ExpoGestão 2023.

Considerado um dos CMO’s mais respeitados e admirados do Brasil, com um currículo que inclui a ousadia de transformar a marca McDonald’s em Méqui no período em que foi vice-presidente de marketing da organização, João Branco conversou sobre o novo mundo do marketing com um grupo de 100 executivos no fim de junho em Joinville.

Ele propôs uma reflexão sobre tempo dedicado ao trabalho e sobre a rotina diária. “O seu trabalho não é só um trabalho. Você tem um presentão chamado vida. Por isto, faça tudo de forma alinhada ao seu propósito de vida”, destacou. Na avaliação de João Branco, fazer as coisas certas ou fazer as coisas erradas é o que define a integridade, a empatia e a humanidade de cada pessoa.

“É possível dar propósito em tudo o que fazemos. As pessoas percebem mais o que fazemos, como fazemos e por que fazemos do que aquilo que dizemos”, afirmou, acrescentando dicas práticas para quem quer aliar trabalho e propósito:

  • Intenções importam;
  • As pessoas precisam do que você faz;
  • Seja o melhor que você puder, com excelência e amor ao próximo;
  • Não deixe o coração na gaveta, leve seu coração para o trabalho.

Com a experiência de duas décadas na condução do marketing de uma organização que atende a 2,5 milhões de pessoas a cada dia, João Branco alertou ainda que nenhuma propaganda consegue fazer pelo cliente o que você faz ao atendê-lo bem, com empatia.

“Quando o cliente percebe que você se importa, ele volta sempre. Clientes não são leads. São homens, são mulheres, são adolescentes, são crianças. Têm sonhos, têm vontades, têm dores. Cada um tem um interesse, uma necessidade, uma vontade. E cada um está precisando de alguma coisa que você pode atender. Eles precisam de uma ajuda, da sua ajuda”, definiu.
Outro aspecto destacado por João Branco é que a comunicação deve ser focada. “A sua empresa tem muitos atributos, mas você precisa definir qual é o principal e focar sua comunicação nele de forma incisiva”, aconselhou.

João Branco ainda recomendou, acima de tudo, que a empresa conheça seu cliente com profundidade e trabalhe com base nesses dados: “Buscamos saber que horas nosso cliente tem fome, o que ele compra no sábado à noite com a família, o que ele deseja na segunda-feira, quando está com a consciência pesada pelos exageros do fim de semana”.

Para finalizar, João Branco fez um alerta em relação às novas gerações. Conforme o palestrante, as novas gerações esperam uma experiência de compra personalizada, querem que a empresa com a qual eles se relacionam os conheçam e usem as informações para entregar um serviço diferenciado.