Voltar 29 de Outubro de 2020
  • ExpoGestão

  • ExpoGestão min

Vencer a crise exige atitude

“Ainda estamos na epidemia. Depois virá a pós-epidemia. E finalmente o tal ‘novo normal’. Precisamos nos adequar agora, para que depois não voltemos ao ‘velho normal’. É como um aparelho nos dentes: ele fica até que os dentes adquiram uma nova memória; se tirar antes, os dentes voltam à posição anterior.” Assim Luciano “Luc” Pinheiro, diretor técnico do Sebrae-SC, traça um painel da crise pandêmica. Sua palestra “A cabeça do empreendedor e o enfrentamento das crises” foi apresentada no último dia da Expogestão 2020.

Luciano Pinheiro é bacharel em Administração de Empresas pela Unoesc, com especialização em consultoria empresarial pela FIA/USP, tem dois livros publicados e foi professor universitário. Empreende desde 1998, nas áreas de saúde, moda, consultoria e tecnologia. Investidor anjo e mentor de empreendedores, foi presidente da Associação Comercial e Industrial de Florianópolis e atualmente, além de ser diretor técnico do Sebrae-SC, integra os Conselhos Deliberativos da ADVB/SC e do Instituto Euvaldo Lodi.

“Antes da pandemia – relembra Luc Pinheiro – os empreendedores se sentiam super-homens, com capa e tudo, prontos pra voar. Só que, na realidade, estávamos nos recuperando de uma crise econômica anterior. Quando a Covid-19 chegou, foi como um nocaute.” Aí, houve dois tipos de atitude: alguns imaginaram uma crise curta, esperando o “novo normal” rapidamente; outros se prepararam para um longo período de provações, dificuldades e necessidade de correções de rumo. Quem imaginou que seria rápido, ainda está em dificuldades.

Crédito caro e déficit

“Naquele momento – recapitula Pinheiro – as empresas catarinenses pequenas e médias, por exemplo, tinham capital de giro para não mais que 28 dias. O crédito estava caro. Santa Catarina teve um déficit de 4 bilhões de reais, e até agosto o crédito disponibilizado chegou à metade deste valor.”

Percebeu-se, então, que os empreendedores estavam tomando três atitudes: a maioria buscou proteger/recompor o caixa, procurando crédito; um grupo menor procurou proteger a sanidade da equipe; e um menor ainda reconheceu que estava em campo desconhecido.

No primeiro caso, percebeu-se uma mudança de cultura, priorizando a atividade-fim, reduzindo custos com tomadas de decisões rápidas e tentando aumento das receitas (mesmo que isso significasse subir preços).

A proteção da equipe, por sua vez, implicou em aproximar o time, abrir canais de comunicação direta, não deixar ninguém sem resposta ou desamparado.

E, para reconhecer o novo cenário, as empresas de todos os portes partiram para a criação de comitês de crise (diferentes das rotineiras reuniões gerenciais) e de conselhos de administração, diretos ou consultivos, com reuniões mais frequentes do que as assembleias normais.

Luc Pinheiro deixou algumas dicas para quem está se preparando para o pós-pandemia – e sabe que a crise ainda não terminou. “Separe som de ruído, não se deixe levar por falsa informação. Abandone ferramentas que não servem mais. Quando o novo normal enfim chegar, cuide para não retomar velhos hábitos.”

Encerrando, uma frase do filósofo Erasmo, para pensar: “Confiante, tudo perdi. Audacioso, tudo guardei”.


Autor

ExpoGestão

Ao longo de 18 anos, a ExpoGestão se consolidou como um dos mais renomados encontros empresariais do Brasil. A ExpoGestão se converteu em uma plataforma de soluções, mantendo nosso DNA: uma curadoria primorosa, que sente as alegrias e dores do gestor brasileiro e lhe traz, sob medida, os conteúdos mais relevantes, instigantes e inspiradores – de saúde mental a transformação digital, do novo papel da liderança a cenários político-econômicos, de inovação a estratégia.


Experimente nossa plataforma. São mais de 50 vídeos para você se inspirar


Saiba Mais

Conteúdos Relacionados

Não há postages relacionadas.

Outras Postagens

Patrocínio:




Entidades Parceiras:

Apoio de Mídia:

Realização:

Parceiros:

Franke
Michael Page
kpmg
Qlik
Toccatto
Target
Sercompe
Silva Santana & Teston
Moore
Sympla
Hype50+
Aylmer
Instituto Cliente Feliz
Escola do Teatro Bolshoi no Brasil
Mandelli & Logiggio
By the Bed
Tendências
SEBRAE
Oxford Porcelanas
STRAUSS

ExpoGestão o caminho para a mudança começa agora

Nosso objetivo é trazer a inspiração necessária a tempos de incerteza e adaptação, com as boas práticas no mercado, para construir a liderança de que o mundo precisa.

"Aprender é a única coisa de que a mente nunca cansa, nunca tem medo e nunca se arrepende" Leonardo Da Vinci