Leia nossos

conteúdos

  • ExpoGestão
  • 3,41 min

Como funciona a mente do empreendedor

Santa Catarina ocupa pouco mais de 1% do território nacional. E o número de habitantes do Estado representa menos de 4% da população brasileira. Mesmo com percentuais pequenos, ocupamos a sexta posição no ranking de geração de riquezas entre os 27 Estados brasileiros

O segredo deste sucesso está na criatividade, na determinação e na resiliência dos empreendedores catarinenses, visionários que transformam recursos de forma inovadora, gerando oportunidades de negócios, empregos, renda e desenvolvimento para a sociedade.

Histórias de empreendedores ensinam e inspiram, dois pilares da ExpoGestão, que nesta edição convidou três empresários catarinenses que são sinônimo de sucesso e referências nacionais em seus setores: Antonio Koerich, presidente da Lojas Koerich; Betina Giehl Zanetti Ramos, cientista empreendedora, fundadora e presidente da Nanovetores; e Acari Menestrina, fundador e presidente da Gran Mestri, vão compartilhar o que fez a diferença em suas jornadas de desafios, superações e vitórias. A mediação do Painel Inspiração Empreendedora será de Carlos Henrique Ramos Fonseca, Diretor Superintendente do SEBRAE/SC.

Mas, afinal, o que determina o sucesso ou o fracasso nos negócios?
Como persistir diante das adversidades?
Quais as motivações para empreender?
Como funciona a mente de um empreendedor?

Nesta palestra, você vai se inspirar e compreender melhor como funciona a mente do empreendedor, desenvolvendo muitos insights para sua atividade.

Painelistas


Betina Giehl Zanetti Ramos é farmacêutica, mestre em farmácia, doutora em química, especialista em biossegurança. Cientista empreendedora, é fundadora e presidente da Nanovetores, empresa reconhecida mundialmente pelo desenvolvimento de sistemas de nano e microencapsulação de ativos aplicáveis a uma série de segmentos industriais. Diretora do GT Mulheres Acate (Associação Catarinense de Tecnologia), vice-presidente de Integração da Acate, integrante do Conselho Deliberativo do CNPq e facilitadora FIB (Felicidade Interna Bruta). Betina é um exemplo inspirador para quem deseja seguir carreira na ciência e no empreendedorismo. Sua trajetória demonstra que é possível conciliar paixão pela pesquisa com a criação de um negócio inovador e de impacto social.
Antonio Koerich é presidente de uma das maiores varejistas de Santa Catarina, o empresário é um grande visionário e construiu um grande legado, seja no comércio, no associativismo, na sociedade e com sua família. O nono de 13 filhos, Antonio Koerich construiu um legado que vai muito além da empresa que traz o seu sobrenome e que faz parte da história de Santa Catarina. Um homem religioso, que sempre esteve à frente de seu tempo, amante da música, um admirador da comunicação, visionário. Junto a seu irmão, Walter, ousou empreender e criar uma nova cultura comercial, a começar pela capital de Santa Catarina. Atualmente o Koerich conta com 127 lojas no estado, além de seu portal de e-commerce, com mais de 1600 colaboradores, em mais de 65 cidades catarinenses e com arrojado plano de expansão.

Acari Menestrina é fundador e presidente da Gran Mestri, empresa localizada no Oeste do Estado e especializada na produção de queijo Grana Padano, entre outros lácteos. Desde pequeno ajudava na lavoura em Rio dos Cedros, no Alto Vale do Itajaí. Começou segurando o rabo da vaca para a “nona” tirar o leite. Aos 17 anos, ingressou no Colégio Agrícola de Camboriú. Em 1976, começou a atuar como técnico agrícola e extensionista rural da Acaresc, atual Epagri, e foi para o Oeste almejando transformar a região em uma bacia leiteira referência para o Brasil. Acari tem 47 anos de dedicação ao setor leiteiro no Brasil, foi fundador e presidente do Grupo Cedrense e em 2010 migrou dos commodities para investir no alto valor agregado ao criar a Gran Mestri.

Carlos Henrique Ramos Fonseca é Diretor Superintendente do SEBRAE/SC. É formado em Engenharia Elétrica pela UFSC e pós-graduado em Engenharia Econômica. Também fez cursos de especialização no Brasil e no exterior. Foi superintendente da PREVISC, do SESI Nacional e membro dos Conselhos da FAPESC, PREVISC e SEBRAE/SC. Atuou como gestor de fundos de investimento de capital de risco e, antes de assumir a superintendência do SEBRAE/SC, atuava como diretor de Desenvolvimento Institucional e Industrial da FIESC e como superintendente do IEL/SC.